Enquete
Qual estação do ano você escolhe para seu casamento?
 
Defeitos e Caprichos
por Renata Guimarães

Epoca de paquera é uma beleza, a gente está tão apaixonada que tudo que o outro faz é maravilhoso, rimos de piadas sem graça, o papo sempre é interessante, mesmo que não estejamos entendendo "patavina" do assunto.

Mas o tempo e a convivência vão nos devolvendo à terra e mostrando o quanto essa pessoa é humana e tem defeitos. É básico lembrar: o mesmo ocorre com ela e voltamos a ser terráqueos também.

Então, indesejados defeitos brotam com tanta naturalidade à nossa frente que não há como justificar ou ignorar.

Essa etapa além paquera repete-se no dia seguinte à lua de mel; aí a situação é mais assustadora, pois envolve revelações até físicas, por exemplo: sons e cheiros desagradáveis, além de costumes estranhos e até bizarros!

É bom que se esteja rindo, pois humor é uma das receitas para se ultrapassar essa fase, completamente natural, esperada, mas que, com certeza, até grandes amores derraparam nela!

A dificuldade está em conseguir manter o romantismo e respeito, superando os desgastes da rotina. Mesmo que os defeitos prejudiquem a  imagem bonita construída anteriormente, é preciso sobreviver quando eles insistem em nos irritar...

Então escrevo aqui algo que esta humilde estudiosa da vida descobriu a duras penas, mas que custou muito desgaste, e adoraria passar a vocês e assim, quem sabe, ajudá-los a avançar mais suavemente nessa fase espinhosa.

A irritação mina relacionamentos, os defeitos são suas causas principais, mas existe um outro parceiro que anda junto, é o capricho. É um trio, na verdade: irritação que surge dos defeitos e dos caprichos.

Bem, para se vencer a irritação na convivência, é preciso descobrir até onde o que acontece é um defeito real do meu parceiro ou um capricho meu (frescura). Para isso, preciso lembrar que defeito é algo que atrapalhará a vida dele com outras pessoas.

Para descobrir se é capricho meu, devo observar se aquele costume dele irrita a outras pessoas também. Caso isso não aconteça, devo superar esse capricho meu!

De posse desse conceito, posso até ajudá-lo, explicando a necessidade de mudar aquele costumezinho que me irrita, pois afeta a outros também, e que se ele melhorar, beneficiará a si próprio. 

Creio ter encontrado uma ferramenta muito simples que poderia ajudar os casais a superarem as crises mais comuns. Elas não apresentam grande risco para um casal que se ama, mas seu acúmulo desgasta a relação.

Resta aos parceiros terem maturidade, discernimento para reconhecer suas falhas e caprichos para superar esse cupim chamado irritação, que mina relacionamentos!

 

 

Matéria publicada pelo C&Cia, para melhorar seu namoro, noivado, casamento, casamentos e ajudar as noivas e casais.



          

 Conselho de um Velho Apaixonado
 Relacionamento Amoroso
 Canção dos Homens
 Canção das Mulheres
 Caviar - como servir

                      Publicidade
Advertisement

Advertisement

Advertisement

Advertisement

               Guia de serviços
Anuncie no C&Cia

Anuncie no C&Cia


Anuncie no C&Cia

Calígrafos e Convites

Lista de Presentes

Anuncie no C&Cia