Enquete
Qual estação do ano você escolhe para seu casamento?
 
Cerimonia de Casamento Japonês

Como estão no Brasil há muito tempo, as cerimônias e festas de casamento não são tão tradicionais, a maioria segue a nossa tradição.

  

 

Existem porém,  duas cerimônias que são tradicionais: xintoísta e budista


Xintoísta

 


A cerimônia é realizada por um oficiante e duas auxiliares, chamadas de Miko.

Tudo se inicia com uma rica oferenda, símbolo de gratidão a Deus que são o arroz, saquê, verduras, legumes e frutas são depositadas em um  altar enfeitado com velas e flores.

Água e sal são utilizados como símbolos de purificação.

Terminado o ritual das oferendas,  oficiante dirige-se a Deus falando sobre a cerimônia de casamento, que, para o xintoísmo, não é apenas a união de duas pessoas, mas de duas famílias.

É nesse contexto que se segue a troca de taças pelos noivos.

São três taças de saquê, chamadas de miki.

A primeira representa o juramento perante Deus.

A segunda, a gratidão dos noivos aos pais.

A terceira, aos parentes.

Trocadas as taças, o oficiante conduz o juramento dos noivos.

Segue-se, então, a consagração de tamagushi, pequeno ramo de árvore com folhas verdes que representa o respeito e a união com Deus.

Cada um dos noivos recebe da miko seu tamagushi, que será consagrado numa bandeja chamada sambo.

Os padrinhos dos noivos também recebem os ramos, oferecidos com sinceros votos de que todos recebam a luz divina.

Após esse ritual de consagração, os noivos trocam alianças.

Como encerramento da cerimônia xintoísta, segue-se outra troca de taças, esta entre os noivos, seus pais e os padrinhos do casamento, simbolizando a união entre as famílias.


A cerimônia de casamento Budista



Os budistas consideram o casamento como um sacramento. O ritual se realiza com muita pompa.

A igreja é decorada em tom dourado, e as roupas usadas são luxuosas e ricamente trabalhadas.

O templo é ornamentado com ikebanas ou flores de lótus artificiais.

No altar, em três níveis, a vela vermelha representa a alegria dos noivos e a queima de incenso a gratidão e a espiritualidade.

A cerimônia é oficializada por um monge principal e dois auxiliares, com uma prece em japonês ou a benção com aspersão de água sobre os noivos.

No zen-budismo é recitado o “tsatarana” (três reverências dirigidas ao Buda, à doutrina e à comunidade).

Confirmando os laços nupciais, os noivos recebem do monge rosários feitos de sementes de árvores.

A troca de alianças e o buquê da noiva  atualmente incorporados não fazem parte da tradição budista.

A vestimenta da noiva, embora tradicionalmente seja o quimono nupcial, hoje na maioria dos casos é o vestido branco.

À frente da noiva entra no templo um par de crianças (um menino e uma menina), cada um com flores de cores diferentes, sem espinhos, que após a cerimônia serão deixadas no altar como oferta a Buda.

Os cânticos são japoneses, acompanhados de instrumentos na sua maioria de percussão.


Trajes dos  noivos



                  tradicional                                    branco                                             vermelho


Matéria produzida por,  M.H.


          

 Casamento na Igreja
 Cerimonia de Casamento Indiano
 Cerimônia Católica
 Casamento Chinês
 Casamento Coreano

                      Publicidade
Advertisement

Advertisement

Advertisement

Advertisement

               Guia de serviços

Anuncie no C&Cia

Calígrafos e Convites

Anuncie no C&Cia

Lista de Presentes

Anuncie no C&Cia

Anuncie no C&Cia